Marcelo Zarske

Como deixar de ouvir uma banda cujo os á2lbuns são baseados emuma história de ficção científica, escrita pelo próprio vocalista, The Amory Wars, a história que é o tem
a das letras de Coheed and Cambria, é semelhante a outra ficção científica, especialmente a trilogia dos filmes Star Wars, na minha opinião com uma pitada de X Men, mas tirem suas próprias conclusões!

Coheed and Cambria é uma banda rock, que conta com Claudio Sanchez (guitarra/voz), Travis Stever (guitarra), Josh Eppard (bateria) e Zach Cooper (baixo). O nome veio
de dois personagens da historia escrita por Sanchez.Alguns descrevem a banda como “New prog”, um estilo que mistura elementos de bandas tidas como  pós-hardcore misturadas ao rock progressivo, outros exemplos de bandas assim, são: The Mars VoltaOceansizeThe Dear Hunter, e por aí vai!

The Amory Wars

1

É dificil escutar um disco só , pois como o trabalho da banda é todo conceitual, seria difícil de compreender o que os caras estão querendo nos dizer. Ao todo são 8 discos (lançados até então), cada um contando uma parte de toda a historia, porém o ultimo disco “The Color Before the Sun”, lançando em 2015,é o primeiro em que a banda deixou de lado canções conceituais.  Mas deixo aqui a dica para dois discos, Good Apollo, I’m Burning Star IV, Vol. 1: From Fear Through the Eyes of Madness e o outro éGood Apollo, I’m Burning Star IV, Vol. 2: No World For Tomorrow.

 

Os dois albuns são uma continuação direta um do outro, recomendoWelcome Home Gravemakers & Gunslingers  FeathersNo World For Tomorrow, são bem legais, mas o lance é ouvir o álbum na integra, já que as canções são todas ligadas uma na outra.

Links para ouvir os discos:
Volume 01
Volume 02

 


E você, o que está ouvindo?!

 Boas vibrações!

Sobre o Autor:

Cleverson de Lima Músico e Proprietário da Som Maior .
8 de dezembro de 2015
3

Dica de Disco Dupla: “Good Apollo, I’m Burning Star IV (Vol. 1 e Vol. 2)” do Coheed and Cambria

Como deixar de ouvir uma banda cujo os álbuns são baseados emuma história de ficção científica, escrita pelo próprio vocalista, The Amory Wars, a história que é o tem a das letras […]