Dica de Disco: Especial

VIDAsaude-1 copiar
Implantes Dentários: Saúde, beleza e harmonia
10 de dezembro de 2015
Gente-que-Cuida-3 copiar
O Noel por trás do homem, o homem por trás do Noel
10 de dezembro de 2015

Dica de Disco: Especial

Dica-de-Disco-1 copiar

As canções natalinas são símbolos do Natal e as letras retratam as tradições das comemorações, o nascimento de Jesus, a paz, a fraternidade, o amor, os valores cristãos. Uma dessas canções é a mundial- mente conhecida, Noite Feliz.

disco-de-vinil-tocando-2f093Noite Feliz é a música tradicional de Natal no mundo inteiro,  foi composta na Áustria originalmente em  alemão, chama “Stille Nacht, heilige Nacht” (Noite calma, noite santa). A letra foi escrita pelo padre Joseph Mohr, em 1816 e para as comemorações natalinas em 1818 o padre Franz Xaver Gruber criou a melodia, que foi tocada pela primeira vez na noite de Natal. Há ainda informações de que ao ver que se havia estragado o órgão de sua paróquia, a capela de São Nicolau, localizada na pequena cidade de Oberndorf, Mohr decidiu escrever um canto que pudesse ser interpretado com violão na missa do galo.

A partir daí a música ganhou a Alemanha e Europa em geral entre andarilhos, os compositores foram esquecidos e ela ganhou o status de Volkslied na Alemanha, ou seja, música popular.  Muitos americanos acreditam que a canção é uma música popular americana. Ao se dar conta dessa realidade a escritora austríaca, Hertha Pauli, que fugiu para os Estados Unidos na época do Nazismo, escreveu um livro para crianças contando a história verdadeira da música em “Silent  Night”. “The Story of a Song”. A capela onde tudo começou é um ponto turístico indispensável para quem estiver nas redondezas de Salzburg, ela é conhecida hoje como Stille nacht Kapela, Capela da Noite Silenciosa.

Algumas bandas se aproveitaram do espírito natalino e fizeram alguns registros interessantes, aí vão algumas sugestões:

“Christmas Album” – Jethro Tull

O disco não possui apenas canções relacionadas ao natal,  e nem todas as faixas são inéditas, como por exemplo, Bourre (versão de Bach, que apareceu pela primeira vez no disco Stand up) e A Christmas Song (aparece em    sua versão original no álbum    Living In The Past). Para quem gosta do som da     banda, é um disco bem     legal, para os puritanos de     plantão, passem longe, pois a    sonoridade (meio eruda/rock    and roll) da banda pode não agradar.

“Ultimate Christmas Collection”  Brian Setzer

por exemplo, a cerimônia  de iluminação da árvore de natal do Rockefeller Center, este disco é uma boa para quem gosta de um som na onda do swing, mas cheio de guitarras e músicas natalinas.

Brian Setzer não apenas  conhecido e conceituado guitarrista e vocalista  da banda Stray Cats, também é um bom músico arranjador. Em seu trabalho com a Big Band, a Brian Setzer Orchestra, fez várias pessoas morderem a língua! A Big, é comumente lembrada durante festas de fim de ano por tocar canções de natal como

“Christmas Songs” – Bad Religion

Sou meio suspeito a falar do Bad Religion, pois foi uma das bandas que me fizeram curtir a guitarra, mas voltando ao disco, Christmas Songs,  traz três canções tradicionais, O come, o come Emmanuel, God rest ye merry gentlemen, Angels we have heard on high além de uma versão de  American Jesus e outros clássicos natalinos.

Apesar das músicas    não ter em aquele famoso ataque político como a versão   que fizeram há tempos atras em Fuck Christmas,  só o fato do Bad Religion gravar um disco com canções natalinas já caracteriza-se um protesto, vide pela capa   do registro, uma foto intitulada New Shoes de Gerald Waller, um órfão    recebendo novos sapatos     da Cruz Vermelha.

“A Charlie Brown Christmas Album” – Vince Guaraldi trio

Este é o meu favorito, conheci Vince Guaraldi sem querer, ou melhor, sem ter ideia de quem era. Quando criança assistia sempre os desenhos do Snoopy, e adorava a trilha sonora, ficava facinado com aquela música, porém não sabia quem era. Anos depois, quando comecei a tocar guitarra, me deparei com o som “Linus and Lucy”, e reconheci algo da minha infância, daí pra frente fui atrás de ouvir mais e descobri a música de Guaraldi. Diga-se de passagem tem o show do Vince Guaraldi Trio junto com Bola Sete, que eu recomendo.

E você o que está ouvindo? Boas vibrações!

Por: Marcelo Zarske